Envernizamento de soalhos de madeira no interior – esquema poliuretano a solvente

Leia o nosso artigo para saber mais sobre este assunto.

Esquema de Pintura

Envernizamento de soalhos de madeira no interior – esquema poliuretano a solvente

Preparação de superfície

– Os soalhos a envernizar devem ser convenientemente raspados e limpos de toda a contaminação e, no caso de terem sido anteriormente encerados, terá que se assegurar uma completa remoção da cera, pois qualquer vestígio irá afectar a aderência e o aspecto final do envernizamento.
– No caso de madeiras novas, lixar com lixa de grão médio no sentido das fibras da madeira.
– No caso de madeiras já envernizadas, se o verniz se encontrar em bom estado, devem remover-se os vestígios de gorduras e de produtos de manutenção anteriormente empregues e despolir o verniz com lixa de grão fino.
– Se o verniz velho se encontrar esfoliado ou fissurado, removê-lo e proceder a uma raspagem cuidadosa de toda a superfície, assegurando que todas as contaminações eventualmente existentes (ceras ou produtos de manutenção) foram eliminadas, procedendo de seguida como se indica para madeiras novas.

Acabamento

– Aplicar duas a três demãos de Durocin Poliuretano 1K sem diluição, lixando entre demãos com lixa de grão fino.
– As boas características de resistência à abrasão deste verniz só se revelam depois da película completamente “curada” o que, em condições normais, demora cerca de 5 dias de secagem.

As minhas cores favoritas