Fachadas

Avaliação ao Estado de Paredes Exteriores

Antes de efetuar um trabalho de pintura de paredes exteriores nomeadamente no que diz respeito às fachadas dos edifícios, deve proceder a uma avaliação, o mais correta possível, do...

Avaliação ao Estado de Paredes Exteriores

Antes de efetuar um trabalho de pintura de paredes exteriores nomeadamente no que diz respeito às fachadas dos edifícios, deve proceder a uma avaliação, o mais correta possível, dos problemas que possam existir nessa paredes.

Só na posse de um diagnóstico correto será possível prescrever o esquema de pintura mais adequado.

Avaliação ao Estado de Paredes Exteriores

O efeito da água nas fachadas manifesta-se principalmente através de manchas e escorrências, mas a degradação do interior da habitação é a principal consequência.

Além do desgaste natural dos materiais, as anomalias que surgem nas paredes devem-se geralmente aos seguintes fatores:

  • Movimentos da estrutura;
  • Falta de manutenção;
  • Deficiências da construção;
  • Características do revestimento existente.
Alguns Exemplos de Diagnósticos e Soluções
Situação Teste Solução
Rachada Com um x-acto, marque de forma profunda, linhas horizontais e depois verticais. Realize esta operação com o clima seco e também sobre as paredes secas. Se o revestimento cair, mesmo que seja parcialmente, será necessário retirá-lo e aplicar um primário fixador.
Superfície Empoeirada Passe a mão sobre a superfície. Se a mão ficar suja com pó, lave a parede a alta pressão (40 bars) antes de testar a permeabilidade do revestimento.
Permeabilidade Lave a parede, com o clima seco e à sombra. Se a água for absorvida imediatamente, deve aplicar um acabamento mais impermeável.
Aderência Golpeie as margens das fendas com um martelo ou uma maceta. Se a superfície lhe parecer oca, deverá eliminar as partes descoladas antes de aplicar o preenchimento adequado. Atenção, terá que aguardar 30 dias para poder pintar por cima.
Fragilidade Passe com uma escova dura nas superfícies mais deterioradas. Se a tinta se fragmentar, elimine todas as zonas com má aderência e depois aplique um primário fixador.
Manchas Nas zonas húmidas da parede podem aparecer musgos e manchas verdes ou vermelhas. Se existirem microorganismos, musgos, ou bolores, é necessário escovar a superfície e depois lavar a alta pressão (40 bares) antes de aplicar um produto que os elimine definitivamente. Estes produtos existem à venda em qualquer loja de tintas.

Tem alguma dúvida?

Na nossa base do conhecimento poderá encontrar resposta para as questões mais frequentes.

Ver Base do Conhecimento

Mensagens: 2

  1. Jorge Lopes
    Jorge Lopes
    22 Março, 2020 às 15:34

    Porreiro já aprendi mais um bocado para o meu trabalho.

    Responder
  2. Vanderlei Lopes
    Vanderlei Lopes
    19 Março, 2017 às 00:22

    gostei bastante das informações aqui adquirida

    Responder
Deixe a Sua Mensagem

O seu endereço de email não será publicado. Os campos obrigatórios estão marcados com um *

As minhas cores favoritas