Madeiras

Como Restaurar um Móvel Antigo – Indicações Gerais

Tem um móvel antigo que acha que já está ultrapassado? Se sim, saiba que o pode restaurar e dar-lhe uma nova vida. Não há nada como os móveis antigos, têm muita história, são bonit...

Como Restaurar um Movel Antigo

Como Restaurar um Móvel Antigo – Indicações Gerais

Tem um móvel antigo que acha que já está ultrapassado? Se sim, saiba que o pode restaurar e dar-lhe uma nova vida.

Não há nada como os móveis antigos, têm muita história, são bonitos e de boa qualidade.

Estes móveis normalmente já passaram por várias gerações das nossas famílias e têm por isso uma história muito rica, mas como tudo, um dia são postos de parte porque já têm um estilo ultrapassado, e como temos pena de os deitar for ou de os doar pomo-los lá nos fundos da arrecadação.

Se se quiser dar ao trabalho e despender de um pouco do seu tempo, poderá transformar esse móvel antigo num que poderá ficar muito bem na sua casa.

COMO RESTAURAR UM MÓVEL ANTIGO

Antes de começar o trabalho é importante que tenha em atenção alguns pormenores, são estes:

Tenha em Atenção
  • Analise o que vai ser necessário restaurar no seu móvel, se é a pintura, tapar rachas, tratar a madeira, trocar os puxadores, dobradiças e/ou parafusos, ou se é mesmo necessário uma reparação da estrutura. Isto é muito importante para poder planear o seu trabalho e saber quais os materiais que vai precisar;
  • Poderá precisar de pincéis, trinchas, rolo(s) de pintura, chaves de fendas, espátulas, tabuleiro de pintura, panos, lixas para madeira de vários grãos, betumes, primário, tintas e/ou vernizes. Faça uma lista completa de todos os materiais que vai precisar;
  • Utilize sempre luvas, máscara e óculos de proteção, para que possa realizar a restauração sem colocar a sua saúde em risco. Existem produtos perigosos e que podem provocar danos;
  • Coloque o seu móvel num a zona arejada e forre o chão com um plástico próprio, ou cobertores velhos, para evitar sujar e estragar o seu chão; Se cair no chão, tinta ou outro produto, limpe imediatamente, sem deixar secar;

pintar madeiras

Como Proceder
1 Retire as gavetas, as dobradiças, puxadores e outras partes removíveis;
2 Após isto, proceda a uma limpeza da madeira, para retirar gorduras, e outras sujidades, utilize um pano macio. Pode utilizar um produto de limpeza neutro ou um diluente sintético;
3 Com uma lixa fina grão 180, passe em toda a superfície, para remover a tinta ou o verniz velho. Deve lixar até a superfície perder o brilho para o novo produto poder aderir bem;
4 Se o móvel já foi pintado muitas vezes e têm uma camada de tinta muito grande, pode utilizar um produto próprio (decampante) para remover toda a tinta antiga. Existe à venda em qualquer loja de bricolage ou de tintas;
5 Se o seu móvel têm pequenas fissuras ou rachas, deve fazer a reparação com betume para madeira, utilizando uma espátula e respeitando os tempos de secagem. O betume após secar deve ser lixado para a superfície ficar lisa;
6 Ates de começar a pintar ou envernizar deve limpar muito bem a superfície, retirar o pó ou restos de tinta ou verniz que ainda existam;
7 Trate a madeira, caso seja necessário, com um produto de tratamento preventivo inseticida (caruncho e anti-térmitas) e fungicida, para uma maior duração da madeira;
8 Se retirou toda a tinta antiga, e foi até à madeira, e quer pintar com uma tinta de esmalte, aplique uma demão de primário para madeira e/ou subcapa;
9 Após a secagem pode aplicar a tinta de esmalte;
10 Entre demãos de tinta, lixe suavemente a superfície com lixa fina (grão 320);
11 Não tenha pressa, respeite os tempos de secagem entre as demãos de tinta;

envernizar madeira

Notas Finais

  • Existem tintas de esmalte, vernizes e também lasures/velaturas de base aquosa e de base sintética. Os produtos de base aquosa são mais fáceis de trabalhar e não são poluentes;
  • Se a madeira está encerada, deve primeiro usar um removedor de cera;
  • Se o móvel é para ficar no exterior e vai estar exposto numa zona de grande desgaste, como por exemplo em zonas marítimas, use um verniz que seja mais resistente, existem à venda vernizes para esse fim.
  • Também pode optar por aplicar um lasur/velatura, existem à venda numa grande variedade de cores, saiba mais aqui.
  • As dobradiças e os puxadores podem ser limpos com água e um detergente neutro, depois devem ser secos com uma flanela macia;
  • Para as peças de metal que tenham manchas, pode utilizar uma mistura de água e vinagre branco (9 para 1). Se for ferrugem aplique um conversor de ferrugem, à venda numa loja de bricolage;
  • Se quiser pintar as dobradiças e/ou puxadores, aplique uma tinta de esmalte anti-ferrugem, esta vai garantir a durabilidade e longevidade das peças;
  • Para montar as peças utilize parafusos, porcas ou outros, novos, não utilize os velhos, principalmente se tiverem ferrugem.

Agora que já sabe, de um modos geral, como pode restaurar um móvel antigo, ponha mãos à obra! Mande-nos uma fotografia da sua obra, para partilhar-mos com os leitores.

Tem alguma dúvida?

Na nossa base do conhecimento poderá encontrar resposta para as questões mais frequentes.

Ver Base do Conhecimento

Mensagens: 19

  1. Carlos Arsénio
    Carlos Arsénio
    10 Novembro, 2020 às 14:58

    Olá, tenho uma arca antiga, castanho escuro, com muitos desenhos e pretendo eliminar alguns deles sem que a solução fosse a de pintar. Caso fosse possivel eliminar os baixos relevos possivelmente iria lixar para a clarear e depois encerar. Ou então barrar os baixos relevos e depois pintar toda a arca. Qual a solução mais viavel. Posso mandar fotos do trabalho poe email. Obrigado

    Responder
  2. Diana
    Diana
    11 Maio, 2020 às 02:37

    Boa noite,

    Tenho uma arca antiga inteiramente esculpida, com sombras e pormenores pequenos e outros mais marcados. A cor é um castanho escuro, eu queria que ela ficasse castanho mais claro. Tenho receio de lhe colocar primário branco para colocar de seguida a cor e provocar o ocultamento dos contornos de vários desenhos. O que me aconselha ?

    Responder
  3. Paulo
    Paulo
    18 Julho, 2019 às 14:21

    Olá! Estava aqui aprender umas coisinhas com os vossos tutoriais, parabéns, são muito úteis. Mas continuo com uma dúvida:
    O tratamento de madeira contra o caruncho, neste caso a trincha com cuprinol, deve ser realizado antes ou depois de aplicar betume/massa para madeira?

    Responder
    • Tintas e Pintura
      Tintas e Pintura • Autor •
      21 Julho, 2019 às 18:41

      Olá Paulo,

      Aplique antes do betume, para penetrar na madeira.

      Sempre ao dispor.
      Carlos Santana

      Responder
  4. maria luisa cardona
    maria luisa cardona
    20 Julho, 2018 às 08:23

    ola bom dia estou a restaurar um espelho antigo e respectiva cardencia , comprei tinta para lacar o que devo fazer ..estes moveis eram envernizados ….obrigada

    Responder
    • Tintas e Pintura
      Tintas e Pintura • Autor •
      22 Julho, 2018 às 17:18

      Boa tarde Maria,

      Terá que retirar toda a camada de verniz, até a madeira ficar como nova, depois aplicar primário para madeira, a seguir uma sub-capa e finalmente a tinta de acabamento.

      Melhores cumprimentos e disponha sempre.

      Carlos Santana
      Tintas e Pintura

      Responder
  5. Filipa Silva
    Filipa Silva
    5 Fevereiro, 2018 às 17:26

    Ola boa tarde
    Irei fazer mudanças no meu quarto e gostaria de aproveitar o meu guarda roupa embora tenha cerca de 20 anos está como novo. quero passar para branco. A minha dúvida é o tipo de lixas e se além do primário também devo colocar a sub-capa. obrigado

    Responder
    • Tintas e Pintura
      Tintas e Pintura • Autor •
      5 Fevereiro, 2018 às 20:27

      Olá Filipa,

      Se está pintado, basta uma limpeza com um diluente sintético, e depois pintar novamente.
      Se está envernizado, terá que retirar o verniz, e lixar até a madeira ficar como se fosse nova, utilize uma lixa de grão médio (220) lixando na direção dos veios da madeira. Depois pode aplicar um produto, como por exemplo o “PRIMÁRIO/SUBCAPA ACRÍLICO MADEIRA 18-050 DA CIN“. Este produto tem as duas funções, primário e subcapa, e depois pintar com uma tinta de esmalte branca aquosa.

      Melhores cumprimentos.
      Carlos Santana
      Tintas e Pintura

      Responder
      • paulo
        paulo
        15 Junho, 2019 às 20:32

        olá

        com vista a assegurar uma superfície homogénea e regular, não é preciso passar lixar suavemente a subcapa e depois passar massa de enchimento no móvel antes da aplicação do esmalte ?

        Responder
  6. Alice
    Alice
    7 Maio, 2016 às 16:19

    Olá Carlos. Estou pintando uma cristaleira, quero pinta-la de branco, ja lixei, e agora estou passando a segunda demão do primer branco, mas o móvel continua meio escuro e em alguns lugares rosa bem clarinho, isso é normal?

    Responder
    • Tintas e Pintura
      Tintas e Pintura • Autor •
      7 Maio, 2016 às 19:31

      Boa tarde Alice,

      Esse problema pode acontecer devido a várias situações, é muito difícil dizer-lhe o que se está a passar, sem estar na posse de todas as informações. Leia no nosso artigo sobre PROBLEMAS MAIS COMUNS NA PINTURA, a questão sobre Cobertura, aqui: https://tintasepintura.pt/problemas-mais-comuns/. Analise as causas prováveis e proceda conforme as soluções possíveis que indicamos.

      Sempre ao dispor.

      Carlos Santana
      Tintas e Pintura

      Responder
  7. Larissa
    Larissa
    3 Maio, 2016 às 18:38

    Onde consigo achar todos esses matérias aqui no RJ?

    Responder
  8. rui costa
    rui costa
    25 Abril, 2016 às 17:01

    boa tarde
    executo trabalhos de pintura e restauro em móveis.
    para mais informações aqui deixo o meu e-mail
    costarmt@hotmail.com
    obrigado

    Responder
  9. Marina
    Marina
    10 Março, 2016 às 12:02

    Boa tarde,

    Tenho uns moveis que a minha avó me deu e gostaria de os pintar, mas em primeiro preciso saber a diferença entre moveis envernizados ou com cera (sou mesmo leiga nesta matéria) para não os estragar.
    Depois preciso também de saber qual a melhor tinta (já percebi que os produtos de base aquosa), andei a pesquisar e vejo muitas pessoas a utilizarem tinta em spray, qual a melhor?

    Responder
    • Tintas e Pintura
      Tintas e Pintura • Autor •
      10 Março, 2016 às 15:53

      Olá Marina,

      A cera, por muito boa que seja, é destinada a móveis no interior que não estejam sujeitos às intempéries. A cera, é fraca, e se dissolve com o calor, mancha com a humidade. O ideal é usar cera em peças que não sejam muito manuseadas.
      O verniz a ser utilizado em móveis no exterior deve ser brilhante, pois tem muito maior duração. No interior pode ser aplicado com aspecto mate, acetinado cera ou brilhante, depende do gosto. Os vernizes são mais resistentes que as ceras.
      As tintas de esmalte e vernizes mate são mais frágeis e se deterioram com mais rapidez quando atacados pela humidade, abrasão ou calor excessivo. Já a tinta ou verniz brilhantes tem uma maior capacidade de resistência.

      As tintas de esmalte ou vernizes aquosos são mais indicados para aplicar no interior, não têm cheiro ou um cheiro quase imperceptível.

      Para proceder à restauração dos móveis deve seguir os conselhos que dou aqui no site. Deverá perceber que tipo de acabamento tem os móveis neste momento para proceder de acordo.

      Sempre ao dispor.

      Carlos Santana
      Tintas e Pintura

      Responder
  10. Luis Marques
    Luis Marques
    26 Fevereiro, 2016 às 22:15

    Olá pessoal, será que da prá pintar madeira com tinta plástica ?

    Responder
    • Tintas e Pintura
      Tintas e Pintura • Autor •
      28 Fevereiro, 2016 às 00:14

      Olá Luís Marques,

      A tinta plástica não é indicada para pintar madeiras, para estas existem tintas e outros produtos devidamente adequados que conferem um acabamento duradouro e protector.

      Sempre ao dispor.

      Carlos Santana
      Tintas e Pintura

      Responder
Deixe a Sua Mensagem

O seu endereço de email não será publicado. Os campos obrigatórios estão marcados com um *

As minhas cores favoritas