Dicas

É Necessário Utilizar um Primário?

Quando vai iniciar um trabalho de pintura, seja pintar paredes, madeiras, metais ou outros tipos de superfícies, é provável que não saiba se deverá, ou não, utilizar um primário. S...

Devo Utilizar um Primario

É Necessário Utilizar um Primário?

Quando vai iniciar um trabalho de pintura, seja pintar paredes, madeiras, metais ou outros tipos de superfícies, é provável que não saiba se deverá, ou não, utilizar um primário.

Se estiver com essa dúvida, e não consiguir obter um informação profissional, siga a regra geral: aplicar sempre um primário que seja adequado à superfície e ao seu estado.
A aplicação do primário irá garantir uma pintura mais perfeita, e um acabamento de maior qualidade.
Naturalmente, só o primário não resolve todos os problemas que possam existir, uma boa preparação (lixagem, limpeza, etc.) e a escolha da tinta mais adequada são fatores de grande relevância para que o trabalho fique bem feito.

Em alguns casos é possível prescindir da aplicação do primário, de qualquer forma, se o primário for aplicado, mal não fará.

Existe à venda uma vasta gama de produtos deste tipo. Se não tiver uma ideia clara de qual comprar, consulte um profissional na loja onde adquirir o produto.

Para que servem os primários?

Os primários, consoante a sua formulação, têm as seguintes funções:

  • Garantir que a tinta de acabamento adira à superfície. Este tipo de primário garante a aderência do acabamento que se aplicar, seja de tinta, de um papel de parede ou de qualquer outro tipo de revestimento.
  • Actuar como uniformizadores de absorção, no caso de superfícies porosas (por ex: gesso cartonado). Este tipo de primário regulariza a absorção da superfície, permitindo um maior rendimento da tinta de acabamento.
  • Actuar como selante e aglotinante, no caso de superfícies friáveis, pulverulentas, etc. Este tipo de primário ajuda a fixar e consolidar as superfícies.
  • Impedir que a alcalinidade ataque a pintura. Este tipo de primário provoca uma barreira de forma a que a alcalinidade existente nas paredes não ataque a tinta, evitando que esta se deteriore rapidamente.
  • Cobrir manchas e outras diferenças de cor. Este tipo de primário, devido ao seu grande poder de opacidade, cobre as manchas difíceis (por ex: fumo cigarros, lareira, fogo, etc.), evitando assim, que se tenha que dar várias demãos de tinta, para se conseguir o mesmo efeito.
  • Informações Úteis
  • Alguns primários podem agregar várias categorias, e por isso servirem para vários fins e para vários tipos de soluções. Os termos usados podem variar de marca para marca.
  • Os tipos de primários abaixo descritos, assim como as indicações dadas, devem ser vistas apenas como orientativos e generalistas, apenas devem servir como informação e nunca como a solução mais indicada para determinado caso. Nunca compre um primário apenas baseado nestas informações, recorra sempre a um profissional, para que este lhe indique a solução mais correta para o seu caso.

Tipos de Primários

Regra geral os primários dividem-se nas seguintes categorias:

Tipos de Primários
Tipo Finalidade Utilização
Primários de Aderência Este tipo de primário tem como finalidade promover a ligação entre a tinta e os suportes. Podem ser utilizados em paredes, tectos e muitos outros suportes, em interiores e exteriores;
Primários Fixadores Destinam-se fundamentalmente à agregação de partículas com fraca aderência e em fase de desagregação da superfície. Também são chamados frequentemente de primários selantes, aglotinantes ou consolidantes; Podem ser utilizados em fachadas, paredes e tectos, em interiores e exteriores;
Primários Anti-Alcalinos São indicados para isolamento e selagem de paredes e fachadas novas ou sobre pinturas antigas, de modo a que as tintas não sejam atacadas pelos álcalis que se encontram nas paredes ricas em cimento ou cal. Podem ser utilizados em fachadas, paredes e tectos, em interiores e exteriores;
Primários Isolantes Este tipo de primário permite a mudança de um sistema aquoso para sintético e vice-versa sem que existam incompatibilidades; Podem ser utilizados em fachadas, paredes e tectos, em interiores e exteriores;
Primários Selantes Um primário selante fecha os poros da parede e impede que grandes quantidades de tinta sejam desperdiçadas, como a aplicação deste primário consegue-se um maior rendimento da tinta de acabamento. Também se pode chamar de primário uniformizador de absorção; Podem ser utilizados em fachadas, paredes e tectos, em interiores e exteriores;
Primários para Madeiras Destinam-se à preparação de superfícies de madeira antes destas levarem um esmalte. A Subcapa é um produto intermédio que pode ser aplicado entre o primário e a tinta de acabamento, normalmente contribui para um acabamento mais perfeito. Podem ser utilizados em madeiras, tanto no interior como no exterior;
Primários para Metais Ferrosos Indicados para proteger estas superfícies contra a ferrugem (anticorrosivo). A Subcapa é um produto intermédio que pode ser aplicado entre o primário e a tinta de acabamento, normalmente contribui para um acabamento mais perfeito. Podem ser utilizados em metais ferrosos, tanto no interior como no exterior;
Primários para Metais Não Ferrosos Indicados para promoverem a aderência das tintas às superfícies não ferrosas (galvanizadas e metais leves). Podem ser utilizados em metais não ferrosos, tanto no interior como no exterior;
Primários Multi-Usos Primários que podem ser utilizados numa grande variedade de superfícies (metais, madeira, azulejos, vidros, cerâmicas, PVC.), normalmente sãu usados para promoverem a aderência da tinta de acabamento; Podem ser utilizados, tanto no interior como no exterior;

Em que casos se pode prescindir do primário?

Embora não seja muito aconselhável, ainda assim, existem algumas situações em que se pode prescindir da aplicação de um primário, são estas:

  • Quando as superfícies ainda se apresentam num bom estado de conservação, não estão quebradiças, não esfarelam e não soltam pó;
  • Quando não existirem manchas, humidade ou outros tipos de sujidades, como por exemplo o provocado pelo fumo do tabaco;
  • Conselhos e Informações
  • É importante ler as recomendações do fabricante quanto ao rendimento do produto (área coberta com um litro), tempo de secagem, e número de demãos a aplicar;
  • Se as paredes já estiverem cobertas com tinta de cor viva ou escura, usar um primário com grande poder de opacidade;
  • Se o fundo for muito absorvente, pode diluir previamente o primário (se for aquoso) com um pouco de água (entre 5 e 10 %);
  • As superfícies devem estar secas, limpas e isentas de poeiras, gorduras e outros contaminantes. Escovar, se necessário, para remover partículas soltas não aderentes;
  • Em paredes exteriores anteriormente pintadas, efectuar uma limpeza cuidadosa com jacto de água sob pressão ou escovar para remover a tinta velha não aderente. Refazer as zonas danificadas;
  • Respeitar sempre os tempos de secagem dos produtos;
  • Aguardar que os suportes novos em gesso, tijolo ou cimento estejam bem secos antes de aplicar o primário (1 semana a 1 mês conforme o caso);
  • Antes de pintar sobre vidro, laminado ou cerâmica, a aplicação de um primário de aderência é obrigatória, para garantir que a tinta adira bem às superfícies;
  • Alguns plásticos como o polipropileno, polietileno, policarbonato ou acrílico são recalcitrante aos primários, e estes não aderem a superfície;
  • Existem vários tipos de madeira, e portanto, vários tipos de primários diferentes, nomeadamente para madeiras duras como as essências exóticas… Estes primários evitam a subida de taninos e resina, deixando ao mesmo tempo a madeira respirar;

Tem alguma dúvida?

Na nossa base do conhecimento poderá encontrar resposta para as questões mais frequentes.

Ver Base do Conhecimento

Mensagens: 3

  1. Dimitry
    Dimitry
    19 Janeiro, 2021 às 19:29

    Boa tarde qual melhor primário para aplicar em peças de policarbonato para ter melhor aderência com silicone ou coliveda com base de MS.

    Responder
  2. João Rua
    João Rua
    12 Dezembro, 2020 às 16:15

    Olá boa tarde! Venho por este meio expor uma dúvida
    Qual o melhor primário da robiallac para aplicar numa parede de estuque ?
    Depois qual a melhor tinta para aplicar na parede de estuque para acabamento final?
    Aguardo uma resposta muito obrigado

    Responder
    • Tintas e Pintura
      Tintas e Pintura • Autor •
      13 Dezembro, 2020 às 18:34

      Boa tarde João,

      Apenas podemos indicar alguns produtos para cada finalidade, cada situação, cada problema, mas nunca afirmarmos que seja o melhor ou o pior. Repare um produto pode possuir uma qualidade superior, mas se a sua aplicação não for efetuada da forma mais correta, cumprindo com todas as especificações técnicas, pode não resultar ou até haver problemas. Não é por acaso que as marcas não dão garantia nos seus produtos, salvo muito poucas exceções, porque na maioria das vezes é na aplicação que está a chave. Claro que existem produtos muito bons e produtos menos bons, mas não nos compete a nós fazer essa avaliação.

      Melhores cumprimentos,
      Carlos Santana
      Tintas e Pintura

      Responder
Deixe a Sua Mensagem

O seu endereço de email não será publicado. Os campos obrigatórios estão marcados com um *

As minhas cores favoritas