Madeiras

Envernizar Madeiras – Informações Gerais

A madeira, devido à sua natureza, é um material que está sujeito a ataques de agentes exteriores, tais como: sol, chuva, vento, etc., assim, para se manter sempre bonita e saudável...

Envernizar Madeiras

Envernizar Madeiras – Informações Gerais

A madeira, devido à sua natureza, é um material que está sujeito a ataques de agentes exteriores, tais como: sol, chuva, vento, etc., assim, para se manter sempre bonita e saudável deverá ser devidamente protegida e frequentemente tratada.

Informações Gerais

Os principais agentes responsáveis pela deterioração da madeira são:

  1. Luz do sol (faz com que a madeira perca a sua cor natural);
  2. Fungos e bolores;
  3. Insectos;
  4. Humidade;
  5. Fendas (são locais propícios para a acumulação de sujidade e humidade).

Para proteger a madeira destes possíveis problemas, pode-se recorrer à pintura com o recurso a tintas ou vernizes.

Estes produtos são aplicados na protecção de superfícies, em camadas finas, as quais formam películas impermeáveis, fortemente aderentes à superfície, duráveis e coloridas.

A aplicação destes produtos é normalmente realizada através do recurso à trincha, rolo ou pistola de ar comprimido.

A principal diferença entre as tintas e os vernizes é na opacidade, os vernizes não possuem qualquer pigmento, o qual permite conferir texturas e cores variadas, enquanto que os vernizes, devido à sua transparência (incolor), mantêm visível a aparência da superfície da madeira.

lixar Madeira

Preparação das Superfícies

Antes de se proceder ao envernizamento existem alguns procedimentos que são necessários efectuar.

No geral, é necessário proceder a uma limpeza da superfície a tratar, sendo necessário remover todos os vestígios de eventuais gorduras, ceras, poeiras, sujidades, etc., assim como garantir que a mesma está isenta de qualquer humidade.

Mais especificamente, quando temos madeiras novas, deve-se lixar ligeiramente a mesma, com uma lixa de papel de grão médio no sentido das fibras.

Quando forem madeiras anteriormente pintadas ou envernizadas, dever-se-á remover a tinta ou o verniz existente em zonas danificadas, através de uma lixagem e/ou raspagem (com ou sem a utilização de decapante).

De seguida, deve-se proceder tal como se tratasse de uma madeira nova.

No caso de se tratar de madeiras resinosas, deve-se primeiro limpar com um solvente, a fim de remover a resina, ou escovar a mesma utilizando uma escova adequada.

Se estes procedimentos não forem tidos em atenção ou forem mal executados, poderão resultar defeitos na película do sistema aplicado, tais como perda de aderência, má secagem, má dureza superficial, etc..

Como complemento a estes procedimentos, existem alguns produtos com características e objectivos particulares. Os mais utilizados são:

1 Imunizadores: Utilizados como tratamento preventivo em madeiras novas e como tratamento curativo nas madeiras já atacadas por insectos e/ou fungos.
2 Decapantes: Produtos destinados, principalmente, para a remoção de tintas velhas de pinturas anteriores, uma vez que faz com que estas empolem, destacando-as assim do suporte.
A utilização de decapante em superfícies porosas, como é o caso das madeiras, necessita de um cuidado especial, de modo a que o produto não penetre para o interior, uma vez que pode comprometer a aderência do novo sistema de pintura.
3 Betumes: Produtos formulados por resinas alquídicas modificadas e pigmentos adequados (conforme a cor pretendida)
4 Massas: Produtos que derivam, tal como os betumes de resinas, utilizando pigmentos adequados. Permitem efectuar uma regularização geral de pequenos defeitos da superfície.

envernizar madeira

Envernizamento

O envernizamento é um processo que deixa à vista a textura da madeira. Assim, pode-se executar um acabamento do tipo poro fechado ou do tipo poro aberto. Para se conseguir um acabamento do tipo poro fechado, é conveniente utilizar-se um outro produto, antes da aplicação do verniz, este é o Tapa-poros.

Tapa-poros

Este produto, de aspecto muito semelhante ao verniz, tem como principais características o enchimento dos poros e veios da madeira, bem como a regularização da absorção da superfície.

É um produto baseado em resinas nitro-celulósicas ou nitro-sintéticas, especialmente estudado para, quando utilizado como primeira(s) camada(s) no envernizamento de madeiras novas para interiores, permitir obter um acabamento perfeitamente liso (poro fechado).

É ainda recomendado para a protecção de madeiras durante a construção, evitando as manchas devidas ao contacto da madeira com as massas de reboco, cimento e gesso.

Este produto não deve ser utilizado em exteriores.

Verniz

O verniz, conforme a sua natureza pode ser mais adequado na utilização em interiores/exteriores (no caso de sistemas alquídicos, poliuretano, etc.) ou na utilização em pavimentos de madeira (sujeitos a um maior desgaste).

Os vernizes com compostos poliuretanos têm características superiores às das conseguidas com vernizes alquídicos convencionais, nomeadamente, mais resistência à abrasão, a álcoois, a água e a temperaturas mais elevadas.

Quanto ao modo de aplicação do verniz, deve ter-se especial cuidado no envernizamento das arestas, para garantir que aí se obtenha a espessura adequada. De preferência, deve-se bolear as arestas vivas já que as espessuras de película aí obtidas são normalmente baixas e, por isso, esses são pontos de cedência prematura do verniz. Depois de seca, a superfície deve ser lixada ligeiramente antes da aplicação da demão seguinte.

Tem alguma dúvida?

Na nossa base do conhecimento poderá encontrar resposta para as questões mais frequentes.

Ver Base do Conhecimento

Mensagens: 5

  1. Ivo
    Ivo
    22 Março, 2021 às 17:43

    Boa tarde

    Estou a pensar envernizar umas portas interiores depois de retirar o verniz antigo. Se aplicar tapa poros a madeira escurece? se aplicar diretamente na madeira o verniz uretanado consigo melhor resultado?

    Responder
  2. Bruno
    Bruno
    20 Maio, 2020 às 22:38

    Boa Noite, gostei imenso do que li aqui. E por isso coloco a questão pois sei que me irão ajudar. Tenho no exterior da casa umas vigas de madeira (casquinha vermelha) que será pinho nórdico. Coloquei uma proteção em vidro temperado por cima de modo a oferecer proteção às vigas. Quando colocadas foram as mesmas invernizadas com primário. Agora, passados dois anos que estão sujeitas ap sol, humidade do ar, vento etc, começou a sair resina por muitas delas. Comprei Bondex Castanho para as proteger ainda mais. Alguma técnica que devo usar antes de lhe passar o Bondex? Acham que devo fazer algo mais de modo a que fique totalmente protegido? Obrigado pela vossa disponibilidade/ajuda.

    Responder
    • Tintas e Pintura
      Tintas e Pintura • Autor •
      20 Maio, 2020 às 23:44

      Olá Bruno,
      Quando diz envernizadas com primário, o que realmente quer dizer com isso? Se levou um primário não foi um envernizamento. Que produto é que aplicou?

      Tintas e Pintura

      Responder
  3. Miguel Pereira
    Miguel Pereira
    31 Julho, 2019 às 18:58

    Começo por vos agradecer o excelente site que têm.
    Estou a fazer uma pergula no quintal com postes de telefone usados (aqueles que se vêm à beira das estradas).
    Sei que se trata de madeira tratada mas como são usados, não sei há quanto tempo o foram e para serem retirados por alguma coisa foi.
    Não consigo, depois de ler montes de sites, decidir qual o melhor produto para os proteger, pois ficam num local com sol, vento e humidade do mar.
    Gostaria se fizessem o favor de me recomendar o melhor tipo de produto para esse fim, é que estou mesmo baralhado.
    Verniz, lasur/velatura, óleos, etc…
    Um Obrigado muito grande e cumprimentos.

    Responder
Responder a Tintas e PinturaCancelar

O seu endereço de email não será publicado. Os campos obrigatórios estão marcados com um *

As minhas cores favoritas