Pintar

Guia Geral de Pintura

Antes de iniciarmos um trabalho de pintura devemos planear antecipadamente todo o seu processo, que vai desde a escolha da cor ou cores que vamos utilizar, ao dia em que vamos efet...

Guia Geral para Pintar

Guia Geral de Pintura

Antes de iniciarmos um trabalho de pintura devemos planear antecipadamente todo o seu processo, que vai desde a escolha da cor ou cores que vamos utilizar, ao dia em que vamos efetuar o trabalho. Leia no nosso guia geral de pintura sobre como efetuar esse planeamento.

O Tipo de Tinta

Para escolher o tipo de tinta apropriada para o trabalho de pintura, é necessário ter em conta diversos aspetos, como a localização da superfície, o ambiente, o suporte e o aspeto desejado, aconselhamos que lei o nosso artigo sobre este assunto, aqui.

A Quantidade de Tinta

Antes de ir comprar a tinta que vai precisar para o trabalho, deve calcular a quantidade que vai precisar, para assim não comprar a mais, mas também não comprar a menos.
 
Para saber a quantidade de tinta que vai precisar, faça a medição da área a pintar (altura x largura=m2), de seguida multiplique este total pelo número de demãos que vai pintar, finalmente verifique junto da ficha técnica do produto o seu rendimento médio/litro da tinta e divida o total dos metros quadrados (m2) pelo rendimento/litro indicado na ficha do produto, assim terá aproximadamente a quantidade de tinta que vai precisar.

Calcule a quantidade de tinta que vai necessitar aqui

A Cor

Escolher Cores
Escolher a cor da tinta a aplicar num trabalho nem sempre é fácil, existem muitas alternativas e nem sempre temos a certeza da cor que queremos pintar essa superfície, quer seja uma sala, um quarto ou um móvel, por isso, é talvez uma das escolhas mais difíceis que tem que tomar, até porque uma má escolha pode implicar uma nova pintura.
 
A pensar nessa dificuldade elaborámos alguns artigos que têm como objetivo ajudar nessa tarefa. Veja as seguintes páginas:

Ver Todas as Cores

Galeria de Ideias

Como Utilizar as Cores

A Roda das Cores

Como Escolher a Cor Certa

As Cores no FengShui

Selecção de Cores NCS

Pode simular as suas ideias num simulador de pintura, as principais marcas de tintas têm esses simuladores à disposição dos seus clientes. Também pode usar o nosso simulador.

Materiais Necessários

materias pintura
Antes de começar a pintura terá que pensar nos materiais que vai necessitar, faça uma lista para que na hora certa não falte nada.
 
Quando se utilizam ferramentas, materiais e produtos de alta qualidade, os benefícios ultrapassam amplamente os custos adicionais.
 
Normalmente para uma pintura irá necessitar dos seguintes materiais;

  • Lista de Materiais Necessários
  • Tinta(s), indicadas para o trabalho que vai fazer. Pode ver os tipos de tintas que existem aqui;
  • Primários, indicados conforme o problema e o trabalho que vai fazer. Saiba mais aqui;
  • Rolo(s) de pintura, existem vários para vários fins, escolha o mais indicado. Pode ver os tipos de rolos existentes, aqui;
  • Pincéis/Trinchas, existem vários para vários fins, escolha o mais indicado. Pode ver os tipos de pincéis existentes, aqui;
  • Espátula(s);
  • Lixas, indicadas para o trabalho que vai fazer. Pode ver os tipos de lixas existentes, aqui;
  • Tabuleiro de pintura;
  • Massa de reparação, mais indicada para o trabalho que vai fazer, conforme seja no interior ou no exterior;
  • Fita de pintor de 25, 33 ou 50mm, para isolar rodapés, tomadas, e outras partes que não quer pintar;
  • Escadote e ou extensor para facilitar o acesso a zonas superiores ou zonas de difícil acesso;
  • Máscara, luvas e óculos, para a sua segurança.
  • Jornais, plásticos, alcatifas, lençóis velhos, para tapar o chão;
  • Panos de limpeza;
  • Vestuário usado.

Preparação do Espaço

preparar espaço pata pintar
Arrumar a área onde irá decorrer o trabalho de pintura, retirando todos os objetos que podem ser movidos, tais como quadros, cortinas ou outros adornos. Reunir os móveis no centro do espaço que vai pintar.
 
De preferência, retirar os espelhos das tomadas e interruptores. Proteger as janelas, aros das portas e rodapés com fita própria. Cobrir o chão com papéis/jornais velhos e os móveis com plástico adequado ou também com jornais velhos.

Preparação da Superfície

Reparar Paredes
Mesmo que seja difícil notar, no dia-a-dia, as superfícies acumulam poeiras, manchas e outros contaminantes que podem comprometer a aderência, a qualidade, a aparência e a durabilidade da sua pintura. Por isso antes de iniciar a sua pintura as superfícies devem estar lisas, macias e isentas de poeiras e gorduras.
 
Lavar a superfície com água e um detergente neutro, para remover todo o tipo de gorduras e manchas de humidade. Assegure-se que as paredes estão firmes e secas antes de pintar.
 
Deve tapar com massa própria as fissuras, fendas e buracos. Após secagem passar com lixa de grão fino essas zonas a fim de uniformizar a superfície deixando-a macia e lisa.

Condições Climatéricas

condicoes climatericas
Os fatores climáticos também interferem no resultado final da pintura.
 
A pintura torna-se mais fácil em dias de bom tempo, condições de tempo adversas, podem comprometer o resultado do seu trabalho.
 
Vejamos então o que acontece nos dias de temperaturas extremas:
 
– Tempo muito frio: 5° C é a temperatura mínima de aplicação para a maior parte das tintas à base de água ou de solvente, seja em relação à superfície a ser pintada ou ao ambiente.
 
– Temperaturas muito baixas dificultam as pinceladas e passagens do rolo e também prolongam o tempo de secagem, o que faz com que a tinta fique mais sujeita a adesão de partículas de poeira do ar.
 
– Tempo muito quente: Temperaturas muito elevadas podem fazer com que a tinta seque muito rápido, ou fique com fissuras, comprometendo a pintura. Deve-se evitar pintar se a temperatura do ar ou da superfície for superior a 30°C, ou sob luz direta do sol, em dias muito quentes, se existir pouca humidade no ar, ou ainda se o ar estiver muito seco.
 
– Ventilação apropriada: Deve-se manter o local bem ventilado, para evitar inalações dos solventes das tintas sintéticas, que são prejudiciais à saúde.

Pintura

casal a pintar
Apesar da pintura de uma casa ser um trabalho que requer algum esforço e paciência, não significa que tenha que ser enfadonho e extenuante. Para que se divirta a pintar a sua casa sem comprometer a qualidade do seu trabalho, deixamos aqui algumas dicas:
 
Por onde começar: Para economizar tempo e dinheiro deverá começar por pintar o teto, depois as paredes, portas, janelas e no final os rodapés.
 
Pintura: As paredes podem ser pintadas com rolos ou trinchas, existem vários tamanhos conforme o trabalho que vai fazer, escolha sempre os mais indicados.
 
Para tectos, zonas elevadas ou de difícil acesso, aconselha-se o uso de um rolo aplicado numa vara extensível, para que consiga obter um melhor acabamento. Nos cantos utilize pincéis ou trinchas.
 
Aplicação de tinta: Na maioria dos casos deve-se aplicar 2 a 3 demãos de produto, com um intervalo de 3 e 4 horas entre demãos. No entanto isto pode variar de produto para produto, por essa razão, recomendamos que siga sempre as instruções escritas nas embalagens ou fichas técnicas dos produtos.
 
Não seja apressado, aguarde sempre entre demãos o tempo recomendado na embalagem ou ficha técnica do produto.

Finalização e Limpezas

limpar rolo

No final do trabalho de pintura, devemos arrumar o espaço afetado, cuidar das ferramentas e dar um fim aos restos das tintas. Deixamos aqui alguns conselhos nesse sentido:

  • Dicas Finais
    • Retire cuidadosamente todas as fitas protetoras que colocou a isolar as áreas que não queria pintar, faça-o antes que a tinta seque totalmente, pois se deixar secar em demasia, ao tirar as fitas a tinta pode vir atrás;
    • As pequenas manchas de tinta que caiam em madeira, mosaico ou vidro, e ainda estejam frescas, podem ser limpas com água ou com o respetivo diluente recomendado. Caso estejam secas, podem ser limpas utilizando uma espátula;
    • A limpeza de todo o material de pintura no final é muito importante de modo a evitar a sua degradação, e o bom estado de conservação para novas pinturas;
    • Se pintar com produtos à base de água, deverá limpar os utensílios de pintura com água morna e deixe secar bem todo o material antes de o guardar;
    • Se pintar com produtos à base de solvente, deverá limpar os utensílios de pintura com o respetivo diluente recomendado e deixar secar bem antes de o guardar;
    • Se aplicou alguma tinta de cor, escreva num papel e guarde o código da cor que usou, mais tarde pode precisar do mesmo;
    • Não deite fora os restos de tinta, porque nunca se sabe se um dia não vai precisar para fazer pequenos retoques. Guarde a tinta que sobrou numa lata bem tapada e com a tampa virada para baixo, num local coberto, sem humidade nem calor excessivo, para evitar que se estrague. Nunca despeje as sobras no esgoto. Recicle as latas vazias no ecoponto mais próximo;
    • A lavagem das mãos deve ser feita com água e sabão azul e branco;

Tem alguma dúvida?

Na nossa base do conhecimento poderá encontrar resposta para as questões mais frequentes.

Ver Base do Conhecimento
Deixe a Sua Mensagem

O seu endereço de email não será publicado. Os campos obrigatórios estão marcados com um *

As minhas cores favoritas