Dicas

Lixas e a sua utilização

As lixas são uma das ferramentas mais utilizadas e fundamentais no pré-acabamento dos trabalhos de pintura. São utilizadas para nivelar e aumentar a aderência das tintas às superfí...

Lixas Aplicacao

Lixas e a sua utilização

As lixas são uma das ferramentas mais utilizadas e fundamentais no pré-acabamento dos trabalhos de pintura. São utilizadas para nivelar e aumentar a aderência das tintas às superfícies, polir madeiras, metais e paredes.

As lixas podem ser encontradas nas seguintes cores (pode variar de marca para marca):

  • Preta ou Azul (ferro) – Para metal, alumínio e aço, na remoção de ferrugem e preparação para pintar;
  • Castanha ou Amarela (madeira) – Recomendada para madeiras;
  • Vermelha (paredes) – Recomendada para nivelamento de superfícies de alvenaria, massas, gesso e pintura em geral;

As lixas têm vários tipos de grão, do mais grosso (20) ao mais fino (1600) e são escolhidas conforme o trabalho que se deseja fazer, em pintura utiliza-se as seguintes:

LIXAS – GRÃO E UTILIZAÇÃO
Grão Utilização
40 – 50 – 60 – 80 Desbaste
100 – 120 – 150 Semi-acabamento
180 – 220 – 240 – 280 – 320 – 360 – 400 Acabamento

Assim, e mais especificamente;

LIXAS – GRÃO E UTILIZAÇÃO
Grão Especificação Utilização
20 Extremamente grossa Grande capacidade de desbaste
40 – 50 Extremamente grossa Grande capacidade de desbastes para madeiras
60 – 80 – 100 Grossa Utilizada na remoção de oxidações de metais e para áreas com pinturas de difícil remoção
120 – 180 Média Para utilização em geral
220 – 240 – 280 Média Mais recomendada para madeiras
320 Fina Primeira lixa nos acabamentos mais finos
360 – 400 Fina Recomendada para lustrar
600 – 1200 Muito Fina Lustre e polimento
>1600 Extremamente Fina Lustre de jóias

Lixas e Lixagem – Dicas e Conselhos

  • A lixagem de uma superfície é uma operação destinada a retirar uma certa quantidade de material, para que se consiga as condições desejadas da superfície;
  • A lixagem deve ser feita de uma forma suave sobre uma superfície já envernizada ou pintada, a fim de se retirar o brilho, para permitir a perfeita aderência da próxima demão;
  • Pode-se utilizar um taco de madeira para o ajudar na tarefa de lixagem, a lixagem torna-se mais fácil;
  • A lixagem superficial, é um processo leve para apenas regularizar a superfície do material;
  • A lixagem pode ser feita de forma manual ou utilizar uma lixadeira (eléctrica), as folhas de lixa utilizadas nestas máquinas podem ser diferentes;
  • Quando se inicia um trabalho de lixagem, deve-se começar com uma lixa mais grossa e finalizar com uma lixa de grão mais fino.
    Exemplo: Se iniciarmos um trabalho com uma lixa 220 (e desejamos um acabamento extremamente liso), podemos continuar com uma lixa 320, depois uma 400. Se iniciarmos o trabalho usando uma lixa grão 80, a próxima lixa deverá ser 50% acima de 80, isto é, grão 120;
  • Em madeiras deve-se lixar sempre no sentido dos veios da madeira, para não provocar ranhuras na superfície;
  • Depois de se lixar, deve-se limpar a superfície antes da etapa seguinte;
  • Ao lixar madeira e metais, utilize sempre óculos protectores e luvas, podem-se saltar lascas ou limalhas que o podem ferir;
  • Ao lixar paredes, utilize óculos protectores, mascara para a boca e nariz e luvas, pois esta tarefa liberta muito pó fino prejudicial para a saúde;

Ainda tem alguma dúvida?

Depois de ler o nosso artigo, se ainda ficou com alguma dúvida, consulte a nossa “Base do Conhecimento”. Nessa página encontrará resposta para as questões mais frequentes.

Base do Conhecimento
Deixe um Comentário

O seu endereço de email não será publicado. Os campos obrigatórios estão marcados com um *

Cores Favoritas

As minhas cores favoritas

      Ainda não adicionou nenhuma cor à sua lista de favoritos!