Ajudamos a Pintar Portugal Desde 2005
Tintas

A Tinta e o Seu Processo Fabrico

Tecnicamente, uma tinta é uma mistura líquida composta por diversos elementos, incluindo pigmentos, ligantes, solventes e aditivos. Cada um desses componentes desempenha um papel específico na formula...

Tinta de Forma Explicada
17

Tecnicamente, uma tinta é uma mistura líquida composta por diversos elementos, incluindo pigmentos, ligantes, solventes e aditivos. Cada um desses componentes desempenha um papel específico na formulação da tinta e contribui para suas características finais.

Para começar esta explicação é importante reter que a tinta tem duas funções, a primeira é proteger as superfícies contra os agentes agressores, tais como o sol, chuva, vento, entre outros e a segunda função consiste em embelezar as superfícies.

Componentes Básicos da Tinta

Pigmentos:
São partículas sólidas que proporcionam cor, Opacidade e Cobertura à tinta. Eles podem ser naturais ou sintéticos e são dispersos no líquido da tinta. Os pigmentos conferem a cor desejada e também influenciam propriedades como resistência à luz e Durabilidade.

Estes podem ser divididos em 2 grupos:
Ativos: Conferem cor, tingimento e poder de cobertura. Podem ser orgânicos ou inorgânicos de origem natural, sintética ou metálica.
Inertes: Promovem outras propriedades, tais como maior Consistência, melhor lixabilidade, Dureza, etc. São compostos inorgânicos de origem natural ou sintética.

Ligantes:
Também conhecidos como resinas, são substâncias que formam uma matriz sólida quando a tinta seca. Os ligantes têm a função de aderir os pigmentos à superfície, proporcionar coesão à tinta, conferir resistência a intempéries e fornecer diferentes tipos de acabamentos, como brilhante, fosco ou acetinado.

Os veículos são constituídos por diferentes tipos de Resina, estas pode ser naturais, sintéticas, emulsões, etc., que produzem tintas com propriedades físicas e químicas diversas.
Estas resinas formam a Película protetora na qual se converte a tinta depois de seca, sendo os responsáveis pelo tempo de Secagem, Aderência, retenção de cor e Brilho, resistência, etc.

Solventes:
São líquidos utilizados para diluir a tinta e auxiliar na aplicação. Eles evaporam à medida que a tinta seca, deixando para trás a camada de pigmentos e ligantes. A escolha do solvente afeta a Viscosidade da tinta, o seu tempo de secagem e a sua capacidade de aplicação. Entre os solventes mais comuns estão a água, Aguarrás, álcool, xilol e a acetona.

Aditivos:
São ingredientes adicionais que são incorporados à tinta para melhorar suas propriedades específicas. Por exemplo, aditivos podem ser usados para controlar a viscosidade, melhorar a resistência à água, prevenir o crescimento de fungos, entre outros fins.

A combinação precisa desses componentes é fundamental para criar uma tinta com as características desejadas, seja para proteger superfícies, dar cor, resistir a condições ambientais adversas ou fornecer propriedades estéticas específicas. A variedade de pigmentos, ligantes, solventes e aditivos disponíveis permite a formulação de tintas adequadas a uma ampla gama de aplicações na construção, indústria, arte e muitos outros campos.

máquina enchimento tintas CIN

Tintas de Qualidade

De modo geral para se poder considerar uma tinta de boa qualidade, esta deve apresentar uma boa performance nos seguintes itens:

Estabilidade:

Apresentar uma grande estabilidade durante o armazenamento, ou seja; ao abrir uma lata de tinta pela primeira vez, esta não deve apresentar excesso de Sedimentação, coagulação, separação, formação de nata, que não se possa Homogeneizar duma forma fácil, como uma simples agitação manual.

Facilidade de Aplicação:

A tinta deve espalhar-se com bastante facilidade. As marcas do pincel ou do rolo devem desaparecer pouco segundos após a aplicação, deixando uma película uniforme.

Rendimento e Cobertura:

A tinta deve cobrir completamente uma superfície com o menor número de demãos. O rendimento refere-se ao volume de tinta necessária para pintar uma determinada área (m2/litro). Terá maior rendimento a tinta que cobrir a maior área por litro, com o menor número de demãos.

Durabilidade e Resistência:

A durabilidade e a resistência da tinta mede-se pelo tempo que esta resiste sobre a ação do sol da chuva, agentes químicos e/ou poluentes, ou seja; dos agentes agressivos quando em contacto com esta.

Refere-se ao tempo que uma tinta resiste sobra a ação do sol da chuva e agentes químicos.
fábrica tintas

Matérias Primas

Na indústria das tintas utiliza-se uma panóplia enorme de matérias primas, estas podem ser incluídas em cinco grandes grupos:

  1. As Cargas
  2. As Resinas
  3. Os Solventes (orgânicos e inorgânicos)
  4. Os Pigmentos
  5. Os Aditivos

Os pigmentos e solventes são basicamente importadas, ao passo que as cargas (areias, carbonatos de cálcio), e algumas resinas e emulsões, são maioritariamente de origem nacional.
tinta-fabricar

Processo de Fabrico

O processo de fabrico das tintas de base solvente e de base Aquosa é idêntico, apenas diferindo no facto de nas tintas de Emulsão a mistura e a dispersão podem ser feitas em simultâneo enquanto que nas tintas de base solvente correspondem sempre a duas operações independentes. Assim, os seis passos básicos que envolvem a produção de tintas e vernizes são:

  1. Pesagem e doseamento das matérias-primas de acordo com a composição a produzir. Esta operação pode ser feita manual ou automaticamente;
  2. Mistura das resinas, diluentes, aditivos e, posteriormente, pigmentos. Neste processo os vários constituintes transformam-se numa pasta;
  3. Dispersão é o processo de separação dos aglomerados de partículas de pigmentos e de cargas, formados durante a mistura das partículas com o Veículo (solvente orgânico ou água), em partículas primárias. Embora alguns pigmentos e cargas se dispersem facilmente em agitadores de alta velocidade, outros há que requerem a incorporação de aditivos.
  4. Diluição e afinação da cor;
  5. Filtração. Normalmente no produto existem partículas gelatinosas (peles) ou outras partículas indesejadas que são removidas através de crivagem ou centrifugação;
  6. Enchimento, rotulagem, armazenagem e expedição.
  • Processo Tradicional de Fabrico de Tintas
  • Tinta,Como se fabrica,Fábrica Tinta,Aditivos,Emulsões,Pigmentos,Solventes,Veículos

Equipamentos para Fabrico de Tintas

A produção de tintas é efetuada através de um processo de mistura de matérias-primas. A mistura é feita em tanques agitadores e misturadores.

O Misturador é uma máquina rotativa destinada a promover a mistura de produtos em fase líquida. Basicamente, é composta por um eixo com um elemento de mistura de duplo helicóide ou pás.

A mistura uniforme das matérias-primas, através dos tanques agitadores, influencia diretamente a qualidade do produto final. Os sistemas de mistura de média e alta viscosidade, como são conhecidos os processos dos tanques, caracterizam-se pela alta capacidade de rendimento e por uma enorme variedade de fórmulas de produtos que podem ser fabricados.

Este artigo foi importante para si?

 13 Mensagens

  1. Ismael
    Ismael
    4 Junho, 2024 às 01:22

    Bom dia eu preciso um centro pra fazer formação pra fabricar as tintas

    Responder
  2. jose vasni de oliveira
    jose vasni de oliveira
    27 Junho, 2023 às 12:09

    Gostaria de saber quais são os componentes usado para fabricação de tintas de recarregadores de pinceis anatômicos, o que faz com que a tinta não grude no quadro. Se possível me indique que substancias são essas. Obrigado

    Responder
  3. Antonio de Pádua de Freitas
    Antonio de Pádua de Freitas
    13 Junho, 2023 às 17:38

    o amido da mandioca é utilizado para a produção de tintas? Por quê?

    Responder
    • Tintas e Pintura
      Tintas e Pintura • Autor •
      13 Junho, 2023 às 18:24

      Boa tarde António,
      Sim, o amido de mandioca pode ser utilizado na produção de tintas, especialmente em tintas à base de água. O amido de mandioca é um polissacarídeo encontrado na mandioca, também conhecida como aipim ou macaxeira. Eete possui propriedades que o tornam adequado para uso em tintas por algumas razões:

      Agente espessante: O amido de mandioca é um agente espessante natural. Pode ser adicionado às tintas para aumentar sua viscosidade, proporcionando uma consistência adequada para aplicação e melhorando a cobertura e aderência da tinta na superfície.

      O amido de mandioca pode contribuir para a estabilidade da cor da tinta. Ajuda a evitar a sedimentação de pigmentos e outros ingredientes, garantindo uma distribuição uniforme da cor e evitando a separação indesejada dos componentes da tinta.

      O amido de mandioca pode influenciar as características de secagem da tinta. Pode ajudar a controlar a taxa de secagem da tinta, permitindo um tempo adequado para a aplicação e evitando a formação de películas muito rápidas ou muito lentas.

      O amido de mandioca é uma alternativa natural e renovável em comparação com outros aditivos sintéticos utilizados em tintas. A sua utilização pode contribuir para a redução do uso de produtos químicos derivados do petróleo e para a produção de tintas mais sustentáveis e ecologicamente corretas.

      No entanto, é importante notar que o amido de mandioca não é o único componente utilizado na formulação de tintas. Este pode ser combinado com outros ingredientes, como pigmentos, resinas, solventes e aditivos, para obter as propriedades desejadas na tinta final. A formulação da tinta pode variar de acordo com o tipo de tinta (acrílica, látex, etc.) e as suas aplicações específicas.

      Sempre ao dispor
      Tintas e Pintura

  4. Sidinei Santana Souza
    Sidinei Santana Souza
    16 Abril, 2023 às 19:39

    Olá, boa noite! Eu sou pintor mas agora quero me especializar na produção de tinta.preciso de uma formação para eu entrar no ramo de produção, tem como vcs me ajudar para eu começar com minha empresa?

    Responder
  5. Ambrosio Vueti
    Ambrosio Vueti
    30 Janeiro, 2023 às 17:09

    Prezados boa tarde,

    Precisamos de requisitar materia prima para o fabrico de tintas.
    Aguardo pelo vossa contacto.

    Tel: 935 307 558

    Ambrosio Vueti

    Responder
    • Tintas e Pintura
      Tintas e Pintura • Autor •
      3 Fevereiro, 2023 às 18:48

      Boa tarde
      Deverá contactar diretamente um fabricante desse tipode produtos.

      Disponha sempre.
      Tintas e Pintura

  6. Amadu jamanca
    Amadu jamanca
    6 Maio, 2022 às 18:53

    Quanto custa uma máquina de Refinagem da tinta Acrílico

    Responder
  7. Cristiane
    Cristiane
    25 Março, 2019 às 13:17

    como é feito o processo da fabricação, continuo ou batelada?

    Responder
  8. armando
    armando
    2 Dezembro, 2018 às 11:55

    boa ideia me podem enviar sempre nova documentação ao meu email. abaixo

    Responder
  9. Tatiane
    Tatiane
    24 Agosto, 2018 às 15:24

    Qual é, geralmente, o tempo de duração desse processo?

    Responder
  10. Vitor Dalla
    Vitor Dalla
    21 Junho, 2018 às 18:39

    Alguem sabe me dizer quais riscos ambientais esses processos podem trazer?

    Responder
    • Tintas e Pintura
      Tintas e Pintura • Autor •
      21 Junho, 2018 às 23:54

      Olá Vitor;

      Os riscos ambientais têm a ver com a emissão dos chamados COVs (Compostos Orgânicos Voláteis), leia o nosso artigo sobre este assunto, aqui.

      Melhores cumprimentos e disponha sempre.

      Carlos Santana
      Tintas e Pintura

A Sua Mensagem

O seu endereço de email não será publicado. Os campos obrigatórios estão marcados com um *

ADVERTISEMENT