Cores

Roda das cores ajuda na escolha das cores

Não existem regras únicas e absolutas sobre as cores que se devem usar nos espaços das nossas casas, existem algumas tendências, alguns conceitos, conselhos e dicas, mas como sabem...

Roda das Cores

Roda das cores ajuda na escolha das cores

Não existem regras únicas e absolutas sobre as cores que se devem usar nos espaços das nossas casas, existem algumas tendências, alguns conceitos, conselhos e dicas, mas como sabemos e é óbvio, a escolha das cores é algo muito pessoal.

Como base de partida, a fim de criar um equilíbrio harmonioso na decoração da sua casa, pode seguir algumas regras básicas para efectuar a escolha das cores. É aqui que entra a roda das cores.

Ao usar a roda de cores, pode perceber quais as cores que funcionam melhor entre si. Ao saber interpretar a roda das cores isso irá ajudá-la(o) a decidir como pode incorporar a sua cor preferida num esquema de cores, que funcione bem e seja agradável.

Roda das Cores

  • Primárias – São as cores básicas e que dão origem a todas as outras;
  • Secundárias – São obtidas pela mistura de duas das cores primárias, como é o caso da cor laranja, que nasce da junção entre o vermelho (primária) e o amarelo (primária);
  • Terciárias – Nascem da união entre as cores primárias e as cores secundárias, por exemplo a cor turquesa (Blue Green), que é o resultado da mistura entre a cor azul (primária) e a cor verde (secundária);

Estes três tipos de cores estão divididos em:

Cores Quentes e Frias: – Na roda das cores, de um lado estão as cores quentes (amarelo, laranja e vermelho) e do outro lado as cores frias (azul, verde, violeta).
cores_quentes_frias

Para além destas cores ainda existem as cores neutras:

Cores Neutras: – As cores neutras, como o branco, bege e cinza, são cores muito versáteis e combinam com praticamente todas as cores da roda.
cores_neutras

Escolhendo os Esquemas de Cores

A roda das cores ajuda a entender como as cores se relacionam entre si e vai orientá-lo(a) a seleccionar os seus esquemas de cores preferidos, usando os princípios da harmonia das cores descritos abaixo.
 
Com a orientação correcta da combinação de cores quentes ou frios, será capaz de definir o estilo para o seu espaço, e mais importante, atingir o nível de conforto que gostaria de sentir na sua casa.

Passo 1: Escolher o esquema que se quer usar

Cores Monocromaticas

Monocromático

Neste esquema de cores podemos utilizar vários tons da mesma cor, variando a sua luminosidade e saturação. De acordo com a escolha dos tons e da sua aplicação nos objectos e superfícies do ambiente, esta harmonia pode ficar bastante elegante, mas há o perigo de parecer monótono, já que o contraste não existe. O preto e o branco podem entrar nesta combinação para realçar algum detalhe e compor o conjunto. Interessante é colocar uma cor diferente num pequeno ponto, um detalhe que seja.

Cores Análogas

Análogas

Cores análogas são as cores que aparecem lado a lado na roda das cores. São análogas porque há nelas uma mesma cor básica. Por exemplo o amarelo ouro e o laranja avermelhado tem em comum a cor laranja. Estas cores são usadas para dar a sensação de uniformidade. A composição de cores análogas são consideradas elegantes e podem ser equilibradas com uma cor complementar.

Cores Complementares

Complementares

Neste esquema procura-se o contraste com o uso de cores opostas no círculo das cores. Uma combinação interessante é utilizar uma cor quente e uma fria não saturada, usando uma delas como dominante e a outra nos detalhes que se deseja destacar.

Cores Triades

Triádicas

Neste esquema, encontra-se a harmonia perfeita, usando três cores, teremos assim uma combinação que apresenta grande contraste, mas ainda sim, em equilíbrio. Novamente, deve-se usar uma cor como dominante e as outras duas para detalhes, ou em alternativa variar a intensidade de cada cor.

Passo 2: Entender as famílias das cores

  • Primárias – Vermelho, Azul, Amarelo
  • Secundárias – Violeta, Verde, Laranja
  • Terciárias – Azul verde, Azul violeta, Vermelho violeta, Vermelho laranja, Amarelo laranja, Amarelo verde

Passo 3: Misturar e combinar as cores

Hue

HUE = Cor Pura

tint

TINT = Cor + Branco

tone

TONE = Cor + Cizento

shade

SHADE = Cor + Preto

Passo 4: Ajustar a intensidade das cores;

Intensidade Cores

  • Mais Intensa = Mais brilhante;
  • Menos Intensa = Menos brilhante;

Agora que já sabe um pouco mais como funciona a Roda das Cores e como criar esquemas de cores harmoniosos, está pronto para criar as suas paletas de cores preferidas e dar uma vida nova à sua casa.

Exemplos de esquemas de cores utilizando a Roda das Cores

Se não se sentir à vontade para criar as sua paletas de cores, não desanime, existem na Internet alguns websites que o podem ajudar, veja nos seguintes páginas:

Color Scheme Designer

Kuler

Mudcube

Simuladores de Pintura/Cores

Cores NCS

Tem alguma dúvida?

Na nossa base do conhecimento poderá encontrar resposta para as questões mais frequentes.

Ver Base do Conhecimento
Deixe a Sua Mensagem

O seu endereço de email não será publicado. Os campos obrigatórios estão marcados com um *

As minhas cores favoritas