Dicas

Tintas Naturais e Ecológicas – Leve a natureza para dentro da sua casa

Para além dos produtos tradicionais algumas marcas de tinta e vernizes disponibilizam produtos ecológicos e biológicos. Estes produtos garantem uma melhor qualidade do ar ambiente...

Tintas Naturais e Ecológicas – Leve a natureza para dentro da sua casa

Para além dos produtos tradicionais algumas marcas de tinta e vernizes disponibilizam produtos ecológicos e biológicos. Estes produtos garantem uma melhor qualidade do ar ambiente da sua casa e a saúde da sua família. Conheça alguns dos produtos disponíveis no mercado para poder conjugar uma vida mais saudável e mais amiga do ambiente.

As tintas e os vernizes alternativas aos produtos tradicionais classificam-se de produtos biológicos e ecológicos. A diferença entre estes baseia-se no tipo de produtos utilizados e no método de produção.

Os produtos biológicos contêm apenas pigmentos minerais não tóxicos e os produtos naturais/ecológicos contém apenas ingredientes naturais, tais como: cera de abelha, resinas naturais, ceras e óleos vegetais.

Os produtos biológicos incorporam no seu processo de fabrico aspectos ambientais relacionados com a utilização preferencial de produtos aquosos com baixo nível de COV – Compostos Orgânicos Voláteis. O teor total de Compostos Orgânicos Voláteis (COV) presente nas tintas e vernizes, como forma de aumentar a qualidade do ar interior e reduzir a poluição atmosférica provocada pela formação de ozono troposférico resultante das emissões dos COV, foi limitado em 2010 pela UE em 30g/litro.

dica de profissional

O QUE SÃO COVS?

Os COVs – Compostos Orgânicos Voláteis – são substâncias que afetam a qualidade do ar interior e têm efeitos adversos no ambiente. Nas tintas, vernizes e produtos semelhantes, encontram-se normalmente nos solventes que ajudam a melhorar a facilidade de aplicação e o tempo de secagem desses produtos. O impacto de muitos destes compostos na saúde humana manifesta-se ao nível da irritação dos olhos e das vias respiratórias e, em casos mais graves, de dores de cabeça, perda de equilíbrio e náuseas. Pode saber um pouco mais sobre COVs clicando no botão abaixo.

Saber mais

De um modo geral, os principais fabricantes deste tipos de produtos já disponibilizam a maioria dos seus produtos com taxas de COV abaixo do limite estabelecido pela directiva da UE, no entanto a gama de produtos naturais é ainda muito reduzida.

Existem algumas marcas no mercado português que disponibilizam produtos com valores iguais ou menores a 1 g/l COV. Estes produtos podem ser encontrados à venda quer nas lojas das próprias marcas, quer em lojas de tintas e de materiais de construção.

Exemplo de Produtos Biológicos com Taxas de COV Iguais ou Menores a 1G/L
Marca Produto(s) Ligação
CIN Respirae – Tinta aquosa acetinada para paredes e tetos. Este produto é classificado com A+ qualidade do ar interior, e contém no máximo – de 1 g/l COV. ver mais
Barbot Dioplaste Eco – Tinta para paredes e tetos. Este produto é classificado com A+, e contém no máximo 1 g/l COV. ver mais
Dyrup Air Pure – Tinta para paredes e tetos. Este produto é classificado com A+, e contém no máximo 1 g/l COV. ver mais
Luxens Marca própria de tintas e vernizes das lojas Aki e Leroy Merlin. Possui uma gama de produtos biológicos certificados com o Rotulo Ecológico Europeu, entre os quais pode encontrar tintas e esmaltes decorativos para interiores e para cozinhas e casas de banho. ver mais
Exemplo de Produtos Naturais com Taxas de COV de 0G/L
Marca Produto(s) Ligação
Biofa Marca Alemã que comercializa a maior gama de produtos Naturais e Biológicos. Disponivel em Portugal. ver mais
Auro Marca Alemã que apresenta uma linha completa de tintas, vernizes, óleos e ceras 100% biológicas. Disponivel em Portugal. ver mais

As tintas convencionais (utilizadas habitualmente), emitem vapores voláteis durante vários anos. As embalagens destes produtos podem indicar, por vezes, de que se trata de produtos, “sem odores” ou “tinta amiga das crianças”; contudo, contêm sempre substâncias nocivas, em maior ou menor grau, que podem prejudicá-lo a si e à sua família.

Os produtos ecológicos, porque são produzidos com componentes naturais, não libertam qualquer substância prejudicial para as pessoas ou animais.

É uma tinta que na sua composição apenas tem componentes naturais. Alguns dos componentes destes produtos são: óleo de madeira, óleo de linhaça, óleos de casca de citrinos, resinas, giz, argila, etc.

É com frequência que nos deparamos com esta pergunta. No entanto, a nossa resposta, dada com todo o rigor, é: ‘não existe nenhuma certificação que ateste essa denominação’.

Não existem diferenças. Aplicam-se da mesma maneira que as tintas convencionais.

Um hidrocarboneto alifático é um óleo mineral que se caracteriza por não possuir o anel benzénico, tem os átomos de carbono estruturais em cadeia aberta. O hidrocarboneto alifático provém do crude e foi refinado removendo todos os hidrocarbonetos aromáticos (tóxicos). Os hidrocarbonetos aromáticos são caracterizados por terem o anel de benzeno, como por exemplo o benzeno, tolueno, glycol e outros hidrocarbonetos aromáticos tóxicos, altamente perigosos para a saúde de pessoas e animais.

Sim, há uma grande diferença. Os cheiros das tintas, óleos naturais e ecológicos não são tóxicos. São cheiros inerentes aos produtos naturais. Os cheiros das tintas petroquímicas (há cheiros inclusive a frutos e flores) são tóxicos e libertam vapores nocivos durante anos.

Uma tinta de base biológica é uma tinta produzida através da utilização de matérias-primas sustentáveis em vez de matérias-primas fósseis.

Os produtos de base biológica são cada vez mais importantes para a indústria das tintas e da construção. A utilização de matérias-primas sustentáveis reduz a necessidade de recorrer a matérias-primas fósseis, contribuindo para um mundo mais saudável e uma melhor qualidade do ar que respiramos.

O formaldeído é um Composto Orgânico Volátil (COV) que está presente na natureza em quantidades reduzidas. É libertado naturalmente pelos seres vivos, sendo produzido por estes para ajudar a sintetizar aminoácidos. Os níveis de formaldeído neste tipo de processos naturais não é prejudicial à saúde humana.

Porém, o formaldeído, é também libertado em maiores quantidades por diversos materiais amplamente utilizados na nossa vida quotidiana. Em concentrações elevadas, o formaldeído apresenta-se como um dos componentes mais prejudiciais à saúde e que mais afeta a qualidade do ar interior.

Fonte: Agência Portuguesa do Ambiente: “Qualidade do Ar em Espaços Interiores”, (Janeiro de 2009)

Mobiliário, tapetes, cola e tecidos de interior são as maiores fontes, causando emissões constantes de formaldeído a longo prazo. Por outro lado, existem atividades humanas como cozinhar, fumar e limpar (detergentes), que podem causar um pico nas emissões de formaldeído. Tudo isto resulta numa concentração que pode ser até 10 vezes maior no ar interior do que no exterior.

Vários estudos científicos mostram que o formaldeído, em concentrações elevadas, é prejudicial para a saúde.

A Organização Mundial de Saúde (OMS) identifica-o como um dos fatores que mais contribui para a má qualidade do ar interior, reconhecendo a sua importância como uma determinante da saúde pública.*

A concentração desta substância no ar interior é diferente em cada espaço, tal como o efeito na saúde é diferente de pessoa para pessoa.

O formaldeído é uma substância química irritante e desperta a sensibilidade das mucosas. Os sintomas incluem a garganta seca ou dorida, dores de cabeça, fadiga, problemas de memória e concentração, náuseas, vertigens, falta de ar, ardor nos olhos, ou ainda, a longo prazo, situações mais complicadas como cancro.

*Fonte: OMS “Desenvolvimento das Diretrizes da OMS para a Qualidade do Ar Interior”, (2006)

Nas habitações europeias, a concentração média é de 25 ¬g/m3. Numa concentração superior a 10 ¬g/m3 existe um risco acrescido. Cada redução contribui para um ambiente e uma vida mais saudável.

Fonte: World Health Organisation (WHO) Guidelines for indoor air quality, 2010

Idealmente sim, no entanto, caso não seja possível, recomenda-se a sua utilização nos espaços em que passa mais tempo, como a sala de estar, o quarto, o escritório, etc.

Depende do local onde se encontra. Normalmente o ar interior é 3 a 5 vezes mais contaminado do que o ar exterior. A percentagem de formaldeído é até 10 vezes superior à do ar exterior.

Um espaço interior é um ambiente fechado, logo o ar não é renovado de forma adequada. Existem todos os tipos de formas de exposição a substâncias nocivas, tais como cozinhar, fumar, funcionamento de equipamentos, materiais de construção, carpetes, tintas, etc.

O ar que respiramos é composto por 21% de oxigénio, 78% de nitrogénio e 1% de outros gases.

Assegure que o espaço é ventilado, abrindo as janelas com frequência para evitar que o formaldeído e outros agentes nocivos se concentrem no interior.

Não fume. Mantenha o espaço limpo, de preferência com recurso a produtos de limpeza menos agressivos. Evite a humidade, que propicia proliferação de microrganismos, nomeadamente fungos e bactérias. E, finalmente, use plantas naturais, pois é hoje reconhecido o seu papel na purificação do ar interior.

Conforme se foram estudando os materiais e o impacto que estes podem ter na saúde de todos nós foram-se tomando medidas para reduzir esse impacto negativo.

Atualmente existe uma tendência mundial para a redução do impacto ambiental e uma preocupação com o aumento da qualidade de vida.

Por outro lado, de acordo com vários estudos, é consensual que o ar interior pode ser bastante mais poluído do que o exterior, sendo reconhecida a importância do papel desempenhado pela qualidade do ar interior como uma determinante da saúde pública.

Ainda tem alguma dúvida?

Depois de ler o nosso artigo, se ainda ficou com alguma dúvida, consulte a nossa “Base do Conhecimento”. Nessa página encontrará resposta para as questões mais frequentes.

Base do Conhecimento
Deixe um Comentário

O seu endereço de email não será publicado. Os campos obrigatórios estão marcados com um *

Cores Favoritas

As minhas cores favoritas

      Ainda não adicionou nenhuma cor à sua lista de favoritos!